Livro: A volta
Autor: Ítalo Ogliari
Editora: 7 Letras
Páginas: 92
Avaliação: 4/5

"Uma história de voltas e retornos, que se modifica, se repete e surpreende, de volta ao ponto de partida. Com uma narrativa incisiva, A volta apresenta a história de um jovem que se encanta por Marina, uma adolescente extremamente simples e comum, como qualquer outra. Menos para ele.
Poderia ser apenas uma paixão platônica, como tantas da fase juvenil, mas este amor marca o início da sua viagem, só de vida e sem volta, rumo à idade adulta.
um empurrão no ônibus, algumas palavras, um beijo, uma partida: os fatos que alteram completamente o rumo da vida do protagonista são os mais corriqueiros, mais triviais. São coisas mínimas que nunca desaparecem e insistem em voltar, e que empurram o personagem para aquele que parece ser o seu destino, num mecanismo absurdo, despido de sentindo. Nessa trajetória de vida, incerta e insólita com todas as outras, ele reveza ingenuidade e desencanto frente aos pequenos nadas que determinam toda a sua existência".

A história de passa do Rio Grande do sul em Porto Alegre.
Bom, o livro nos apresenta um jovem tímido e quieto que se apaixona por Marina, sua colega de aula.
No início do livro, o autor nos relata o que é a vida e como tudo nela o assusta.
Logo depois o jovem entrando no ônibus para ir para casa recebe um puxão pelas costas de seu colega Pedro, um garoto estúpido que faz brincadeiras inconsequentes. O jovem cai no chão e suas vestes se rasgam.
Em meio de soluços e choros, todos começam a rir dele, menos Marina. Marina o ajuda a levantar e o conforta.

"Aquela velocidade absurda, assim como a vida, que nada mais é do que o tempo em uma de suas formas mais cruéis. A velocidade das coisas que passam, que desaparecem e que não voltam, Que se tornam distantes demais para recuperamos".


No dia seguinte, o jovem tímido agradece Marina pela ajuda no dia anterior e quando ia se retirando para comprar um refrigerante no intervalo, Marina pede para ir junto.
Mal eles dão três passos Marina o beija.

O jovem garoto espera até que o próximo dia chegue para poder se declarar para Marina. O dia seguinte chega e Marina não vai a aula. E nem no outro dia, e nem no outro dia, e nem no outro dia.
Passado 31 dias que Marina não vai a aula, o jovem pergunta a uma garota da qual ele não suporta o que aconteceu com Marina. A garota diz que o pai de Marina é dono de uma agência bancária e que iria se mudar para São Paulo com a família.

"E seguiu como era antes. Seguiu como era antes do beijo de Marina: Uma vida pacata, idiota e conformada".

O jovem desesperado, com seu mundo desabando com a partida de Marina, pede uma carona para seu tio caminhoneiro que estava indo para São Paulo. Assim o jovem garoto vai atrás de Marina para saber pelo menos se ela está bem.


Bom gente, o autor consegue transmitir tudo para nós com uma escrita muito clara e isso é um enorme ponto positivo no livro. Ele utilizou palavras inteligentes que me deixaram encantada. O livro todo parece ser composto por poemas do próprio autor por que são frases lindas que eu tive que marcar e depois escreve-las em meu caderno de resenhas.
O livro é surpreendente e a cada página que lemos ele chega com grandes surpresas.

O jovem do livro é realmente muito tímido e isso me irrita, não pelo fato dele ser tímido por que eu também sou rsrs, mas por que ele não consegue se comunicar com Marina e ter coragem de se declarar para ela por causa da timidez.

O final também é muito surpreendente e eu achei que se encaixa perfeitamente com toda a história narrada. Com certeza vocês leitores irão gostar do livro.

O livro se passa em Porto alegre e isso me deixou animada por que eu li poucos livros que se passam no Rio Grande do Sul e eu amo Porto Alegre, estou sempre indo lá no gasômetro tomar chimarrão olhando o pôr do sol e é tudo muito lindo.
Eles também passam por Canoas, Gramado e São Paulo.

O divertido de tudo é que eu li o livro por base de uma recomendação de meus pais e logo depois de terminar o livro e dizer a eles que eu gostei eles me disseram que o autor é professor de faculdade deles e eu fiquei super animada e louca para conhece-lo e fazer perguntas sobre o livro e com certeza isso vai acontecer com mais algumas selfies rsrs.

O livro é bem curtinho mas é super lindo e a editora fez um ótimo trabalho em investir no livro e no autor!

                                                                             Paula.

Um Comentário

  1. Olá, minha amiga. Obrigado pelo texto. Não tinha lido sua resenha ainda. Posso colocá-la na minha página?
    Abração
    Ítalo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.