Livro: O papai é pop
Autor: Marcos Piangers
Editora: Belas - Letras
Páginas: 112
Avaliação: 5/5

Sinopse: "Então, você vai ser pai. Você sabe que precisa comprar uma casa maior. Tem que ter mais espaço pra criança. Tem que ter mais um quarto no apartamento. Tem que ter um berço novo, não pode ser aquele que a vizinha se dispôs a emprestar. Então você sabe que tem que trocar de carro, com seis airbags, no mínimo, ar-condicionado de fábrica. O que o humorista Marcos Piangers descobriu ao ser pai jovem é que essas preocupações não fazem diferença nenhuma. O que vale mesmo não é pagar pela melhor creche, se você é o último a buscar seus filhos. Não é comprar os melhores brinquedos, porque as crianças gostam mesmo é das brincadeiras que não custam nada. No fundo, o que importa mesmo, como os textos divertidos e emocionantes de Papai é Pop mostram, é você estar com seus filhos, não pensando em outra coisa, mas estar lá. De verdade. 



Eu fui na feira do livro de Porto Alegre deste ano em busca de um determinado livro, mas me deparei com essa capa! Foi impossível eu não me controlar em não comprá-lo rsrs. Mas em fim, acabei comprando esse e foi a melhor escolha que eu fiz.

O livro é muito gostoso de ler e tem uma leitura leve. Ri muito e fiquei pensando nos relatos que Piangers fez no livro, se meu pai pensa igual a ele, fiquei pensando muito nisso e decidi fazer uma coisa, emprestar o livro pro meu pai ler! Ele ainda não leu por que ele não tem o hábito de ler, mas que eu vou fazer ele ler esse livro até o fim do ano, a vou!

Piangers conta as histórias que passa com suas filhas Anita e Aurora, ele conta como é ser pai e como se sente em relação a isto e ele transparece alegria contando tudo o que vivencia com elas e como ama ser pai de garotas tão amáveis. 

São várias crônicas, cada uma mais engraçada com a outra que me fez acordar a vizinhança a noite de tanto rir, A diagramação da editora está linda, cada crônica tem uma ilustração de acordo com o que vai ser abordado ali, e isso foi uma das coisas que eu mais gostei no livro. 

No inicio do livro a gente também se depara com diversas perguntas a respeito do nosso pai, ele pede uma foto nossa com nosso pai, e o que a gente costuma fazer com ele e essas coisas e eu adorei ficar ali escrevendo as coisas que eu meu pai costumamos fazer.

Eu sempre adorei ler crônicas, como os livros da Thalita rebouças com a série "Fala Sério", e foi inteiramente satisfatória, realmente, mesmo que eu tenha amado a capa, não achei que fosse gostar tanto do livro, que fosse me identificar com a alegria do pai com suas filhas e acabei gostando tanto do livro que comecei a ler de novo rsrs. 

Bom gente, espero que vocês tenham gostado da resenha e que sintam vontade de ler o livro por que é realmente maravilhoso! Beijinhos e até a próxima!



                                                     Paula.

Deixe um comentário

Tecnologia do Blogger.