Oi gente! Tudo bem? Hoje eu listei as melhores séries (na minha opinião) para assistir até altas horas!!! Vocês podem comentar ai em baixo a série que vocês consideram melhor e colocarem mais séries legais para assistir até altas horas! Então, vamos lá!


SUPERNATURAL



Já de início vou falar da minha série favorita! Supernatural é uma série um pouco tenebrosinha rsrs, mas que envolve o telespectador. Aconselho vocês a assistir Supernatural dês do início por que tem muitas coisas que ressurge das primeiras temporadas e outras coisas que aparecem que tem um significado e aparece nos primeiros episódios. 
Essa é uma série maravilhosa que te faz querer entrar para o mundo das séries e nunca mais ter uma vida social haha. 



GAME OF THRONES




Outra série que é viciante é Game Of Thrones! Ou você gosta ou você nunca assistiu por que gente esta série é viciante, é envolvente, é tudo que você possa imaginar. É outra série que tem que assistir dês do início pra poder entender os episódios atuais. 





STRANGER THINGS 




Essa série é bem nerd, eu amo coisas nerds, na verdade eu sou nerd né gente? Mesmo sendo uma série mais para o universo nerd eu acho muito legal que todas as pessoas assistam a esta série por que pode encantar qualquer pessoa de qualquer faixa etária, é uma série bem 





GREY'S ANATOMY



Minha segunda série favorita! Amo, amo e amo medicina gente, na verdade um dos meus sonhos é ser neurologista e essa série me encantou! É uma série maravilhosa que mostra o dia-a-dia dos médicos que é corrido, tem de ter responsabilidade e salvar vidas não é mesmo? É uma série que até quem não gosta muito de medicina ou não faria o curso de medicina vai gostar dessa série e talvez até mudar de ideia em relação a medicina. 



FRIENDS




Quem nunca ouviu falar nessa série? Incrível! É uma série de comédia, todo mundo já deve ter ouvido falar em Friends e como eu disse anteriormente, ou gosta ou ainda não assistiu. Sabe aqueles dias que estamos tristes ou bravos? Cansados ou só sem vontade de fazer nada? Essa série te anima rapidinho. 




THE ORIGINALS



Essa é uma série interessante. É de vampiros e eu sou uma louca por vampiros. Se você já assistiu The Vampire Diaries vai gostar muito de The Originals por que tem tudo a ver com The Vampire Diares. The Originals conta a história dos primeiros vampiros que existiram, ou seja, os originais. Os primeiro vampiros da face da Terra. 





THE VAMPIRE DIARIES 



E por fim, mas não menos importante, The Vampire Diaries! Se você assistir The Originals e The Vampire Diaries vai ficar apaixonado por qualquer coisa que envolva vampiro e também vai ficar apaixonado pelos personagens, com certeza. Essa é a minha terceira série favorita!!!! Meu Top 3 então vocês já estão sabendo rsrs. 






Bom gente, espero que vocês tenham gostado da "pequena" lista de séries de hoje. Super beijos e até o próximo post! 

Oi gente! Tudo bem? Essa semana fui indicada para receber o selo pelo blog Livros, Lápis e Afins! do prêmio Dardos! Uhull!! Felicidades! Vamos soltar foguetes de comemoração!! Iupiiii!!! É muita felicidade para este dia gente!!



O prêmio dardos é um selo virtual criado no ano de 2008 pelo autor Alberto Zambade. O objetivo do projeto é indicar 15 blogs e reconhecer o esforço e a dedicação que os blogueiros(as) dão aos seus blogs. E aos que foram indicados, fazem o mesmo, indicando a quantidade pedida de blogs com tais características específicas.


Regras:


  • Indicar os blogs que preencham os requisitos acima para receber o prêmio;
  • Exibir a imagem do selo (que é esse acime);
  • Mencione o blog que recebeu indicação e inserir o link dele;
  • Avisar os blogs escolhidos. 

Blogs Indicados:



Bom gente, sintam-se a vontade para participar também! Comentem aí em baixo! Quero ver quem quer fazer também ^^

                                                      Paula.

Minissérie: A Casa Das Sete Mulheres
Criado por:  Maria Adelaide Amaral, Walther Negrão e baseado no romance homônimo da escritora gaúcha  Letícia Wierzchowski
Ano: 203
Gênero: Drama, romance, aventura, história do Rio Grande do Sul. 
Diretores: Jayme Monjardim e Marcos Schechtman
Com: Camila Morgado, Mariana Ximenes, Eliane Giardini, Daniela Escobar, Samara Felippo, Nívea Maria, Bete Mendes, Thiago Lacerda, Giovanna Antonelli, Werner Schünemann...
Avaliação:5/5

Sinopse: "Ambientada na década de 1830 durante a Revolução Farroupilha no Rio Grande do Sul, a trama conta a história da Guerra dos Farrapos a partir da visão das mulheres da família do líder revolucionário, Bento Gonçalves (Werner Schünemann). Durante os dez anos que durou o conflito, Ana Joaquina (Bete Mendes), Maria (Nívea Maria), Manuela (Camila Morgado), Rosário (Mariana Ximenes), Mariana (Samara Felippo), Caetana (Eliane Giardini) e Perpétua (Daniela Escobar) se refugiaram em uma estância para esperar a volta dos homens. O diário de Manuela conduz a narrativa."

Oi gente! Tudo bem? Hoje eu vim com a resenha da minissérie Brasileira, A Casa Das Sete Mulheres. Na realidade eu fui visitar a casa verdadeira onde ela moraram em Camaquã e fiquei encantada com tudo. Decidi de cara comprar o box da minissérie e até agora estou na Bad. 

A Minissérie mostra a Guerra dos Farrapos no Rio Grande do Sul contra os Caramurus que são do Império do Rio de Janeiro. Bento Gonçalves luta com seus guerreiros contra os Caramurus, que fazem armadilhas contra os Farrapos e quando avistam uma mulher correm atrás delas para "saciar" seus desejos sexuais e mesmo sem a autorização das mulheres, os Caramurus correm atrás delas e abusam delas em plena Guerra. 

Dona Maria é uma mulher muito rude, amarga que faz suas filhas sofrerem por conta de sua amargues. E por incrível que pareça, as três filhas se apaixonam por homens dos quais Dona Maria não gosta e reprovará. 

Dona Caetana é mulher de Bento Gonçalves. Bonita, Inteligente e que ama o marido mais que tudo. Tem de aguentar assédios e uma obsessão fora do normal de Bento Manuel que está sempre trocando de lado na guerra e tem uma grande inveja de Bento Gonçalves por ter a mulher que ama. Bento Manuel é falso e mal, fica do lado que está ganhando e está sempre mudando de lado na guerra. Faz armadilhas contra os Farrapos por uma inveja de Bento Gonçalves. 

Manuela, uma das filhas de dona Maria, se apaixona por um guerreiro Italiano Giuseppe Garibaldi , que chega na estância para ajuda Bento Gonçalves a derrotar seus inimigos. Giuseppe se apaixona perdidamente por Manuela, mas dona Maria não aceita esse romance tachando Garibaldi como um "galinha" que gosta de todas as mulheres. Quando Garibaldi pede a mão de Manuela em casamento, Dona Maria não deixa com que se casem e nem Bento Gonçalves, tio de Manuela. Após o pedido de casamento não ser abençoado pela família, Garibaldi vai a guerra junto de Bento, levando Manuela em seu coração. Manuela fica na dúvida se vai junto com ele ou se fica na estância junto da mãe.  Ela optou por ficar junto da mãe e mal imaginaria que Garibaldi iria conhecer uma outra mulher. Ana. Giuseppe deu a Ana o apelido de Anita e quando se casaram ela ficou com seu sobrenome, Garibaldi. E hoje os dois são conhecido como os heróis de dois mundos por terem lutado bravamente no Rio Grande do Sul e na Itália. 


O que dizer desta minissérie que me deixou no chão! Com a história mais linda do meu estado tão amado. Que deixa eu me orgulhar mais ainda do Rio Grande do Sul. 

Uma personagem que me cativou dês do início foi a Manuela. Ela é tipo vidente, prevê o futuro de suas irmãs e suas primas, mas quando se apaixona por Garibalde só consegue prever o futuro dele e de mais ninguém. Ela é um doce, protegida pela família de Bento Gonçalves e escreve sem cansar no seu diário. 

Anita é outra personagem cativante que, ao contrário de Manuela, é desprotegida e luta junto de todos os outros guerreiros Farroupilhas. Se apaixona por Garibalde também e está sempre ao seu lado. Os dois tiveram 3 filhos no total (mas isso não aparece na minissérie) e casaram. Anita morreu cedo com 28 anos lutando ao lado de Giuseppe na Itália. Quando Manuela ficou sabendo de sua morte, ficou esperando que Giuseppe voltasse para ela, mas ele nunca voltou pois seu coração era de Anita. Manuela esperou até seus 84 anos de idade por Giuseppe, sendo assim, ela esperou até sua morte por Giuseppe e ficou conhecida como "A Noiva de Garibaldi" em Pelotas onde passou a morar. 

Dois outros personagens que me deixaram na Bad de tão lindos foi a Rosário, irmã de Manuela, e o Capitão Estevão. Rosário e Estevão se apaixonam perdidamente e até poderiam se casar. O problema maior era que Estevão era o capitão dos Caramurus, inimigos dos Farrapos. Sendo assim, eles nunca poderiam se casar com a benção de dona Maria. 
Quando Estevão morre, Rosário não deixa de amá-lo, provocando um grande ciúmes em seu prometido, Afonso Corte Real, grande guerreiro dos Farroupilhas. Mas o espírito de Estevão começa a aparecer para Rosário para ficar perto dela o tempo todo. 

Bento Gonçalves lutou bravamente para separar o Rio Grande do Sul do Brasil. Mas como podemos ver, os Farrapos não ganharam a guerra pois até hoje o Rio Grande faz parte do Brasil. Bento morreu dois anos depois da guerra acabar por que tinha pleurisia e deixou sua amada mulher, Caetana e seus oito filhos. Mas, de acordo com Manuela, Bento até poderia ter ficado muito ruim por ter pleurisia, mas morreu por ter tido desgosto de ter perdido a guerra e não conseguir separar o Rio Grande do Sul do Brasil.

Bom gente, esta minissérie é a melhor de todas que eu já vi. Eu estou completamente apaixonada por muitos personagens, estou apaixonada pela história do Rio Grande e quero muito que vocês assistam essa minissérie e se apaixonem por tudo como eu. 


Livro: O Duque E Eu 
Autor (a): Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Avaliação: 5/5

Sinopse: " Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simom, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida. 
Primeiro dos oito livros da série Os Bridgertons, O duque e eu é uma bela história sobre o poder do amor, contada com o sendo de humor afiado e a sensibilidade que são marcas registradas de Julia Quinn, autora com 10 milhões de exemplares vendidos."

Oi gente! Tudo bem com vocês? Hoje eu vim com a resenha do livro O Duque E Eu. 

O livro O Duque E Eu é o primeiro livro da série Os Bridgertons e conta a história de oito irmãos, sendo 4 homens e 4 mulheres, e a história do duque Simon Basset. Conhecemos sobre a história de vida do duque Simon e de uma das 4 mulheres (a mais velha) que é a Daphne Bridgerton.  

Simom é bonito, rico e muito bem sucedido e esconde um segredo e por conta disso não quer manter relacionamento com nenhuma de suas pretendentes que tem mães desesperadas por arranjar marido as suas filhas. Enquanto isso, Daphne tenta fazer com que os seus pretendentes a vejam apenas como uma amiga e desistam de querer um relacionamento sério, ou seja, um casamento com ela. 

Então, eles entram em um acordo. Decidem fingir. O fingimento dos dois aumentaria o interesse de outros rapazes em Daphne e Simom tendo uma pretendente em vista não teria mais tantas jovens em sua volta desesperadas por um marido. 

“Eu quero um marido. Uma família. Não é tão bobo quando se pensa nisso. Sou a quarta de oito filhos. Só conheço famílias grandes. Não sei se saberia existir fora de uma.”

Gente! Eu nunca tinha lido um romance de época antes, este foi o primeiro livro com este gênero que eu li e posso ser sincera em dizer que pretendo ler mais livros de época. É um livro doce e é uma história envolvente, que não faz o leitor desviar os olhos nem por um segundo. 

Em todos os capítulos tem uma introdução bem pequena com críticas, com umas "patadas" das Crônicas da Sociedade de Lady Whistledown, uma mulher que adora uma fofoca e parece estar sempre presente na vida dos outros e saber de tudo. 

No início do livro, antes do prólogo nos deparamos com uma árvore genealógica da família Bridgerton que também apresenta os outros volumes da série.



Enfim, este livro é realmente incrível. É um livro que te prende, que te deixa aflita, que te faz querer ler só mais um capítulo no fim da noite. É aquele livro que te encanta de primeira, te surpreende por segundo e te deixa maravilhado por terceiro. 

Bom gente, espero que vocês tenham gostado da resenha de hoje! Beijos e até o próximo post!


Olá meus leitores! Saudações! Estou aqui para anunciar que a Leitora Neurótica vai criar um canal no youtube! Sim! Isso mesmo! Vamos ter resenhas, tags, filmes, séries e tudo que vocês possam imaginar no canal. Além de tudo isso, teremos novas parcerias! Alguns livros estão sendo enviados para mim pela escritora Clara Mello e novos colaboradores do blog também irão fazer vídeos de resenhas, tags, entre outras coisas.

Além deste projeto super legal, estou escrevendo um livro. Na verdade, acabei de escrever um e já engatei em outro. Semana que vem meu manuscrito será enviado por correio para uma editora e já estou escrevendo outro. Torçam por mim!

O canal no youtube vai ser um modo super divertido de me comunicar com vocês e recomendar livros, responder tags e pode ser que até crio um quadro com perguntas que vocês poderão fazer para mim.

Bom gente, espero que vocês tenham gostado na novidade assim como eu! Daqui a mais uns dias o estúdio de gravação vai estar prontinho para o primeiro vídeo da leitora neurótica!

Beijos e até o próximo post!

Livro: A Mais Pura Verdade
Autor (a): Dan Gemeinhart
Editora: Novo Conceito
Páginas: 221
Avaliação: 5/5

Sinopse: "NUNCA É TARDE DEMAIS PARA VIVER A MAIOR AVENTURA DA NOSSA VIDA.
Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça.
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável."

Oi gente! Tudo bem? Hoje eu vim com a resenha de um livro que me fez rir, me fez chorar, me fez ficar aflita com tudo que o personagem teve de passar e me fez ficar encantada. Esse é um livro diferente com uma história diferente e fascinante que com certeza você não pode deixar de ler.

O livro nos apresenta Mark, um garoto de doze anos que tem câncer. Cansado de todos os tratamentos que ele tem de fazer e cansado da sua doença ele decidi fugir de casa e ir a diversas aventuras junto com seu cachorro Beau, uma maquina fotográfica, um caderno, uma caneta e uma passagem só de ida de trem. O motivo da sua fuga não é só o fato de estar cansado de sua doença, mas sim por que o principal objetivo desta fuga é escalar uma montanha nem que seja a última coisa que ele faça. 

"— (...) Mas é o que ele tem. E os hospitais são um saco. E os tratamentos são um saco. Os amigos vendo isso tudo são um saco. Ver seus pais chorarem é um saco. Então, talvez ele só queira escalar uma montanha e desaparecer".

Sinceridade? Sempre quis ler este livro e por mais que nunca tenha dito pra ninguém que queria mesmo ler este livro acabei ganhando de presente. Mesmo que eu quisesse ler este livro mais que qualquer outro livro ainda tinha aquele receio que todo leitor tem de ler o tão esperado livro e acabar não gostando. Deixei ele na estante e comecei a ler outros livros, ou seja, eu estava fugindo desta leitura que acabou por me surpreender. Quando eu finalmente decidi pegar ele e ler com bastante atenção fiquei brava comigo mesmo por ter deixado ele de lado. Apesar de já saber um pouco da história antes de ler o livro surgia outro receio de ficar DESTROÇADA pelo fato se um menino de doze anos ter uma das piores doenças e fugir de casa. Mas tudo bem não é? Humanos erram. 

Os capítulos são bem curtos e isso deixa a leitura mais leve e mais gostosa de se ler. O personagem principal te cativa, te emociona e também te faz sorrir. E sem se esquecer de seu fiel escudeiro, seu cão Beau, uma fofura de cão, aquele cão que de fato pode ser chamado de melhor amigo do homem. Sempre acompanha Beau e está disposto a ir até o final com Mark. Os capítulos são alternados pela visão de Mark em primeira pessoa e pela visão de Jess, sua melhor amiga, em terceira pessoa. 

O livro não é enjoativo, não te deixa com tédio em nenhuma parte e em nenhum capítulo. Na verdade cada vez mais você vai ter vontade de ler só mais um capítulo e num piscar de olhos você vai terminar de ler o livro. Vai ficar na maior bad depois de terminar de ler ele por que é realmente um livro incrível que vai te dar uma boa lição de moral.

Bom gente, espero que vocês tenham gostado e que digam a mais pura verdade sobre a resenha nos comentários! Beijos e até o próximo post.


Tecnologia do Blogger.