Livro: O melhor de mim
Autor (a): Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 270
Avaliação: 2,3/5

Sinopse: " Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. 
Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável.
Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. 
Seguindo instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre".

Oi gente! Tudo bem com vocês? Hoje eu vim com a resenha de mais um livro do rei do romance - Nicholas Sparks, porém (vocês devem ter percebido na avaliação) não foi o melhor livro que eu li dele. 

A trama mostra os adolescentes Amanda e Dawson, que tem mundos completamente diferentes, mas que se veem completamente apaixonados. 
Os dois costumavam namorar as escondidas pelo fato de Dawson ser de uma família famosa na cidade por cometer crimes horríveis, mas o garoto não se considera nem um pouco daquela família. 

Quando decidi sair da casa que abriga toda a sua família, Dawson não tem para onde ir e conhece Tuck, um mecânico que lhe fornece abrigo e se torna um grande amigo para Dawson.
Os pais de Amanda não gostam nem um pouco de Dawson e não liberam o namoro dos dois, fazendo com que continuem as escondidas, porém após Dawson refletir sobre sua vida e sobre o quanto ama Amanda para deixá-la viver com ele decidi que, não quer que ela tenha um futuro ao lado dele, que já tinha sido julgado por ser da família Cole e não queria mais causar problemas entre Amanda e seus pais. 

20 anos depois, Dawson trabalha em uma plataforma de petróleo em Nova Orleans e Amanda já é casada e teve 4 filhos, porém uma filha teve a infelicidade de ter câncer e morreu aos 3 anos de idade. Agora tem dois filhos quase adultos e uma pequena menina de 6 anos chamada Anette. Se casou com um homem rico, mas que é alcoólatra, Quando Dawson e Amanda recebem uma ligação de certo advogado falando que Tuck faleceu, eles correm para o funeral do amigo. 

Eles terão apenas um fim de semana para perceber que o amor entre eles não desapareceu. 


- De repente, ela teve a estranha sensação de que tudo que tinham vivido eram apenas os primeiros capítulos de um livro ainda sem conclusão. 


Nicholas Sparks é um dos meus escritores favoritos sim, ganhou meu coração com o livro A última música e dês de então li vários livros seus. Esse porém, foi um livro que me decepcionou muito do início até várias outras partes. 

Foi uma leitura super pesada e bem demorada para mim por que eu não estava gostando da leitura e me pegava pensando em largar o livro e não terminá-lo de ler, mas não consegui deixá-lo assim. É uma história que, pelo menos na minha opinião, não segura o leitor até o fim do livro e poderia ter um pouco mais de romance, já que o que mais foi citado no livro foi o fato de Dawson Cole ser de uma família de criminosos, apanhar, fugir e continuar dando dinheiro pra família. 

Eu sendo uma pessoa super romântica que adora até romances bem clichês não gostei desse por que achei que seria um pouco impossível de acontecer. O fato de ter se passado 20 anos já diz muito não é? E também nossa protagonista - Amanda - Já se casou e teve filhos! Na minha opinião (sei que vai gerar julgamento por isso) eu só achei que foi uma traição. Ela passou um final de semana bem romântico com um ex amor enquanto o marido dela está a tantos mil quilômetros de distância. 

É claro que o livro teve pontos positivos! O final foi bem surpreendente e eu juro que foi uma possibilidade que eu nunca haveria pensando. Eu acredito que, os flashbacks no livro também foram bons, contaram a história de Amanda e Dawson e eu achei super interessante esse jeito de contar. 

Eu sei que vão me criticar pela nota que eu dei para esse livro, até por que li várias resenhas positivas sobre ele, mas não aconteceu aquele climax comigo :(

Espero que vocês tenham gostado da resenha de hoje! Super beijos e até o próximo post!


                                                       Paula.

Deixe um comentário

Tecnologia do Blogger.