O Lar das Crianças Peculiares 
Data de lançamento: 29 de setembro de 2016 (2h 03min)
Direção: Tim Burton
Elenco: Eva Green, Asa Butterfield, Samuel L. Jackson...
Gêneros: Aventura, Família, Fantasia
Avaliação: 4/5

Sinopse: "Após a estranha morte de seu avô (Terence Stamp), o jovem Jake (Asa Butterfield) parte com seu pai para o País de Gales. Lá ele pretende encontrar a srta. Peregrine (Eva Green), atendendo ao último pedido do avô, que lhe disse que "ela contará tudo". Só que, ao chegar, descobre que o local onde ela viveria é uma mansão em ruínas, que foi atingida por um míssil durante a Segunda Guerra Mundial. Ao investigar a área, Jake descobre que lá há uma fenda temporal, onde a srta. Peregrine vive e protege várias crianças dotadas de poderes especiais".

Olá! Tudo bem com vocês? Hoje eu trago a resenha de filme do Lar das crianças peculiares! Eu já havia lido o livro antes e tinha amado e agora tive a oportunidade de assistir ao filme e falar mais sobre ele aqui para vocês!

Depois da morte misteriosa de seu avô, Jacob e seu pai decidem embarcar em uma viagem para o País de Gales, mas não escolheram o País por ser a primeira opção, mas sim por que Jacob pretendia encontrar a srta. Peregrine que foi o último pedido de seu avô, mencionando que a srta Peregrine contaria tudo que Jacob precisava saber. 

Jacob descobre o orfanato que o avô mencionara, porém ele está acabado e não há indícios de vida no local, mas Jacob descobre uma Fenda do tempo que o leva para o orfanato onde as crianças ainda estão vivas e vivendo normalmente com a srta Peregrine, porém as crianças tem poderes especiais como flutuar, soltar fogo e invisibilidade. 

Jacob vai descobrindo o que seu avô realmente era e o que ele vem ser: Uma criança peculiar. 


Quando eu li o livro, confesso que fiquei morrendo de medo (medrosa aqui!) ainda mais por ter imagens que pareciam extremamente reais e é claro, coisas que de fato assustavam como os monstros. As sensações não mudaram quando assisti ao filme e realmente gostei do filme, por mais que tenha MUITAS diferenças com o livro. 

Diferenças: Para começar inverteram os poderes da Emma e da Olive, no livro a Olive flutua e a Emma quem pode controlar o fogo, mas no filme é ao contrário e foi bem decepcionante para mim já que estava esperando Jacob e Emma (que controla o fogo) juntos, como no livro, mas foi bem difícil aceitar que a Emma flutua e ela quem fica com o Jacob e eu fiquei o tempo todo pensando que fosse a Olive, mas a Olive é quem controla o fogo... Enfim, muita confusão!


Os personagens, com seus jeitinhos, cada um me cativou! E é claro, eu tive minha preferida e sem dúvidas foi a srta. Peregrine! É claro que, ao comparar com o livro, no filme ela é bem mais animada, bem mais carismática, mas realmente amei a personagem e como demonstra seu amor pelas crianças do orfanato. 

Enoch também foi um dos meus personagens favoritos, um personagem de Tim Burton! Com um ciúme exagerado de Jacob e é claro que o poder que ele tem é beeeem tenebroso, dar vida a qualquer coisa, seu quarto cheio de vidros com órgãos dentro. Ele transmitiu aquela "essência" Tim Burton. 

Para quem costuma segurar a plaquinha de "No livro não é assim", não vai lhe agradar muito este filme já que as diferenças são bem notáveis e em grande quantidade, várias cenas do filme em comparação com o livro foram modificadas, incluindo o final. Mas se você não dá a mínima para filmes que não tem a ver com o livro e sabe que os filmes não vão ficar igual ao livro eu super recomendo! 

Paula Nunes.

3 Comentários

  1. Oie,
    Quero muito assistir a esse filme, e não li o livro, então não posso me decepcionar com isso. Achei essa diferença que você escreveu meio sem sentido, mas ok.
    Onde tem o nome do Tim Burton eu já presto mais atenção. Os filmes dele são maravilhosos.
    Beeijoo!!

    Meus Antídotos {meusantidotos.blogspot.com.br}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Grazy!
      Verdade que os filmes de Tim Burton são maravilhosos! Este filme também é incrível!
      Essa diferença é mesmo sem sentido não é? Fiquei um pouco chateada com isso :( Mas tirando isso, o filme é maravilhoso! <3

      Beijos! <3 <3

      Excluir
  2. Oi, Paula!

    Queria muito ter assistido a esse filme na época que ele lançou, mas não consegui! Pra mim tudo bem ter algumas mudanças na adaptação - até porque nenhum filme é 100% fiel ao livro -, mas me incomodo muito quando mudam detalhes muito importantes à história, como o final (a não ser que o final do filme seja melhor do que o final do livro, mas isso é muito raro, infelizmente kkkkkk).

    Beijos,
    Isadora.
    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.